quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Faz parte do meu show

Essa talvez seja difícil de entender, porque só vendo a figura pra saber.

Seria preciso conhecer o músico meio espaçoso que só não faz como a Suzana Vieira, de roubar o microfone do Videoshow, porque ele é um cara gente fina, mas meio fora da casinha. E ela é uma otária mesmo.

Foi semana passada, no Liverpool, um bar tão legal em Joinville que, por isso mesmo, se arrasta.
Betinho toca sextas-feiras no Fritz, ou Gutz, boteco que vou desde que me mudei pra cá. Com seu chapéu crocodilo Dundee, ele é intermunicipalmente conhecido por seu jargão: "Ó meu Brasil!" Está sempre às voltas com uma bandeira do país.

Era quinta-feira, show de uma das bandas mais legais da cidade, a Reino Fungi. Com eles, a Karadura. Tributo ao Raulzito. Heineken descendo bem, som maneiro.

Aí acabou o o show. O pessoal das bandas chamou quem queria cantar, dar uma palhinha, pra encerrar cantando tipo maluco beleza. O tal músico tava por lá, um pé no palco, outro no degrau. Cantou de canto de boca no microfone do lado da caixa de som. Mocozado. Isso no começo.

Porque quatro músicas depois, o queridão já tava bem no meio do palco, dominando a parada. Tomou o microfone dos vocalistas, embrulhou a bandeira no pescoço feito um cachecol, gritou "Ó meu Brasil" loucamente.

Eu e o parceiro de copo já estávamos incrédulos, rindo, e até esperando pela... hm... participação. Mas aí o cara se superou. Quando acabaram todos os bis, ele mandou essa

- Valeu gente! Queria muito agradecer a presença da Reino Fungi e da Karadura aqui, nesta noite!

Só faltou querer inteirar o couvert!




2 comentários:

quelstupp disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Upiara Boschi disse...

gênio!