sexta-feira, 12 de março de 2010

Davi fora da caverna

Na praia, hoje de manhã, comentei com o Rogério K., colega de trabalho e amigo aqui de Joinville.

- O filho da Luciana Zonta é um cara sortudo. E vai ser um ser humano muito legal, pode esperar.

Era a engrenagem de um papo que nós - eu e Rogério - sempre gostamos. Como as pressões sociais/formais podem nos fazer infelizes. O quanto a gente confunde responsabilidade com infelicidade.

E como isso costuma mesmo rolar, com gente de todas as idades. Tudo certo, carro, família, casa, e o cara, assim, despiroca. Resolve ser ele. Ou antes disso, descobrir quem ele é de verdade.
Uma conversa que já foi parar no Mito da Caverna, de Platão.

Voltando ao Davi e à Lu:

Por incrível coincidência, o galeguinho está completando 1 ano hoje. É fofo e já viveu muita coisa que, de alguma maneira, vai refletir no que ele será.

Eu reproduzo aqui um trechinho do post da Lu no blog Cria na Estrada assinado há três meses por ela e pela Caroline Cézar, que eu não conheço, mas já gosto pelo jeito mãe de ser:

Há um ano Davi é crianaestrada. Ficar parado não é com ele. Em 365 dias, Davi já fez um pouco de tudo. Já tomou banho de mar, de piscina, de rio, de cachoeira. Já foi para longe e para perto. Já fez carteira de identidade, já saiu do país, viajou de carro, avião, navio, metrô.

Em um ano, Davi já pisou na grama, na pedra, na areia da praia, no asfalto. Já olhou por-do-sóis, já dormiu na rede, já tomou vento no rosto, posou para milhões de fotos, acenou para as pessoas, já viu Rally Dakar ao vivo e a cores.


Parabéns então, Davi, Lu e Adão
!

2 comentários:

Raquel Stüpp disse...

que lindo! amei.

Bru disse...

Fiquei até com inveja, já fez mais do que eu... eu acho. HAHAHA!